quinta-feira, 10 de junho de 2010

Recordações!

No auge de nossa adolescência, eu estava apaixonado por uma menina, claro, em segredo, eu já até havia ficado com ela, porem, fazia um certo tempo e ela já estava em outra. Nessa época o trio já tinha laços fortes, já éramos ‘irmãos’, já brigávamos, a única coisa que eu não confiava a Hagar eram os segredos mais pessoais.
Uma bela tarde de produção de cenários lá estávamos os três e mais uma amiga, quando tocamos no assunto ‘de quem você gosta’ claro, como adolescentes, logo veio a chantagem ‘eu só conto se você contar’ somente eu e Hagar aceitamos a proposta, nossa outra amiga havia saído, e o Dayvid era esperto, ele não contava esse tipo de coisa para nós pois sabia que éramos, digamos, fofoqueiros.
Então lá fui eu contar para ela, quando contei ela ficou pasma, logo, a fiz fazer sua parte dela no trato, por incrível que pareça, quem eu gostava estava ficando com quem ela gostava. Em nossas mentes ainda infantis, claro com 18 anos ainda tínhamos mentes infantis, porem, naquela época era pior, começamos a tramar planos para separar o casal, tudo o que fazíamos não dava certo.

Acabei me conformando com o caso, e ela apaixonou-se por outra pessoa, fácil assim, afinal não tínhamos o compromisso com o amor, éramos apenas crianças crescidas.

Na ultima vez que nos encontramos, lembramos desse ocorrido e rimos muito. Hoje lembro com saudade, porem, ela não esta mais aqui para rir comigo. Contento-me em ficar com a recordação de seu rosto resplandecendo um sorriso perfeito.



Ela era a bonita, o Dayvid o que desenha, e eu o que 'escreve'.


Será sempre assim!


Saudades de você amiga!


3 dias.


Fiquem com Deus.

Abraço.

Marcelo Soares.

2 comentários:

  1. É, eu não contava ehuaheahueua... ainda não conto =P
    No final, o casal se separou e nenhum de vcs gostava mais deles huahuahua

    ResponderExcluir
  2. " éramos apenas crianças crescidas." Rsrsrs =)

    Então eu também sou uma criança crescida.

    ResponderExcluir