segunda-feira, 2 de agosto de 2010

A extrema sorte em poder amar!

Todas as experiências que já vivi até agora me ajudaram, de alguma forma, sejam elas boas ou ruins, a construir quem sou hoje. Meus traumas transformaram-se em medo, que mais tarde tendem a transformarem-se em minhas forças, aprendi com uma amiga que todas as nossas fraquezas, um dia, serão nossas maiores armas!

Tenho medo que alguns desses momentos ruins voltem a repetir-se, não quero entristecer-me com a mesma frequência, não quero voltar a chorar pela dor de perder alguém, não quero acordar durante a noite pensando ter ouvido me chamarem, não quero pegar-me falando nomes de pessoas que já se foram em minhas orações.

Com a perda de algumas pessoas aprendemos muito, aprendemos sobre o amor ao próximo, aprendemos a superar nossos limites físicos e mentais, aprendemos que o mundo é cruel, porem, existe sempre alguém para nos confortar, aprendemos que a vontade de Deus é soberana, e, de longo prazo!

Gosto das novas pessoas que conheci, gosto das novas sensações que descobri, porem, assustei-me por todas elas terem vindo ao mesmo tempo com grande intensidade.

Tenho o péssimo habito de visitar pouco meu e-mail, porem, semana passada passei a frequentar mais minha caixa de entrada, sábado, entrei pela ultima vez em meu e-mail antes de desligar o notbook, fiquei surpreso por ter um e-mail com um nome que me era conhecido, ao entrar reconheci quem era, comecei a ler, a comoção era tanta que para entender tive que reler todos os parágrafos, confesso que no momento fiquei sem reação, sem comentários, apenas chamei minha irmã para dividir a emoção. Depois, sozinho em meu quarto, parei para pensar, para lembrar de meu passado, chorei, orei e cantei as musicas que marcaram nossa amizade! Quero dividir esse e-mail com vocês:

Oi Marcelo,
Hoje acordei mais cedo, antes do que a família buscapé, para acabar de conhecer o Sr. Marcelo e enquanto fazia a leitura dos artigos, textos, não sei como vcs chamam, veio na minha mente um dia em que a Hagar chegou em casa e disse:” mãe o Marcelo tá escrevendo um livro , (ela disse até o nome não sei se do livro ou de algum personagem), não lembro se respondi alguma coisa, mas tenho certeza dos meus pensamentos na época, coisa de adolescente, o tempo passou e esse adolescente se tornou um jovem escrito e dos bons.
Confesso que entrei no seu blog algumas vezes e pela falta de tempo acabei não lendo e logo saia.
Domingo na igreja conversando com a Carla sobre o flogão, ela perguntou se eu já tinha entrado no seu blog, pois lá vc escrevia sobre a Hagar ai veio a curiosidade, li todos os seu artigos e claro os que se refere a Hagar tive que parar muitas vezes, fiquei muito emocionada.
Enquanto lia recordações lembrei-me da montagem do cenário “João Viu”, sei dos amores que se refere e confesso como torci para que o amor que a Hagar sentia quando cça, nos seu 6,7 anos tivesse continuado ou que o seu pai estivesse profetizando quando chamava de nora. O tempo passou, vcs cresceram, e a amizade resistiu a tudo e a todos.
Agradeço a Deus por vc e o David terem feito parte da vida da Hagar.
Parabéns pelo blog.
De lembrança para o seu pai e para sua mãe.
Bjos.
Rose
Obs. Desculpa não sou escritora.

A Rose é a mãe da Hagar, a Rose foi a escolhida por Deus para colocar no mundo uma das pessoas mais incríveis que já conheci em minha vida, uma das pessoas mais iluminadas e que me ensinou muito, mesmo na distancia, mesmo em momentos difíceis! Amo a família da Hagar como se fossem minha família, tenho um carinho enorme por eles, e eles sabem parcialmente do imenso amor que tenho pela Hagar! Minha eterna amiga!

Praticamente nove dias atrás, eu estava me preparando para sair, meu pai entrou em meu quarto e deu-me uma noticia horrivel, ele contou-me que o mundo havia acabado de perder uma jovem de 19 anos, que em sua igreja era uma das peças chaves. Confesso ter tido pouco contato com ela, porem, o carinho é enorme, tanto por ela quanto pela mãe dela! As palavras não podem confortar os sentimentos, por isso termino esse texto com um vídeo da Amanda cantando, a mensagem da musica é tão linda quanto a missão que a ela teve aqui na terra! [ela é a de verde]




Não é tarde, para sonhar!
------------------


Pessoas, fiz um Facebook, mesmo não sabendo a real funcionalidade dele, vocês podem me encontrar la também, para isso é só clicar AQUI e adicionar-me la!









7 comentários:

  1. Marceloo..,

    Lindo post, confesso q chorei ao ler, apesar de não ter conhecido a Hagar, sei que ela era uma menina muito legal, e abençoada por Deus, e eu não posso nem imaginar o quanto ela faz falta, tambem não conheco a familia dela, mas oro por eles mesmo sem conhecer, nunca falei com você sobre este assunto, por que eu nunca tinha o que falar, mais a dor de perder uma pessoa tão amada e querida é muito grande, eu não consigo imaginar como é isso, por isso eu apenas oro. Estas experiencias nos ensinam a ver as coisas de uma forma diferente, apesar de doloridas.
    pode contar sempre comigo!!!

    Bjos Deh

    ResponderExcluir
  2. Sem comentários ! Assim, podemos saber o QUANTO uma amizade tem valor e principalmente poder. Me emocionei muito lendo o post, Hagar deve ter sido uma pessoa maravilhosa que fez diferença na vida de muitos, o que me deixou mais comovido :'(, coloquei-me na situação e imaginei minha melhor amiga não mais ao meu lado, não suportei a circustância por nem 5 segundos, o desespero e a angústia me tomaram conta !!!
    Fiquem com Deus e lembrem-se que TODA a força vem dele e SÓ com ele superaremos nossos maiores obstáculos, e seremos felizes (:
    Abraços, Gabriel F. Facin.

    ResponderExcluir
  3. Nossa me emocionei muito lendo esse texto!
    Não gosto nem de imaginar como seria perder uma amiga dessas...

    Parabéns Marcelo, e sinto muito, fiquei sem palavras agora =[
    Vou ver o vídeo!

    Beeijos!

    ResponderExcluir
  4. Gosto muito dos seus textos quando fala da sua amiga, são lindos. Coloca todo o sentimento neles, e isso que os deixa melhor. Por mais triste que seja a história em si de vocês.
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  5. Você mais uma vez me emocionou!
    ***
    Linda a música. Eu também não tenho o costume de abrir meus e-mails.

    ResponderExcluir
  6. Sim.. sentiremos saudades da Amanda... Hagar... E muitos outros... ainda bem, que como você disse, que temos uma extrema SORTE em poder amar!!
    bjss

    ResponderExcluir
  7. oiii Marcelo tive lendo suas palavras e agradeço o carinho Amanda tinha 19 anos,ela era realmente uma peça chave da igreja metodista amava a Jesus mais que td na vida,vivia pra Ele,foi uma perda inconsolavel,mais Deus esta no controle e minha esperança é que em breve vou abraça-las e estaremos eternamente ao lado do nosso Senhor Jesus,tb tenho um carinho enorme por vc e que Deus continue abençoando sua vida cada dia mais.
    obrigada - bjusss

    ResponderExcluir