terça-feira, 28 de setembro de 2010

Sobre trocas e lógicas.


            
 A cortina fechada permite que apenas que uma luz amarelo-ocre chegue a mim, uma iluminação opaca, sem graça, que me faz ler com esforço. Ao mesmo tempo ela contradiz-se, ilumina meu lado pensante, minha inspiração,e, em termos minha razão.

            Não gosto de ficar dividido por dois caminhos, duas opções, duas pessoas. Sempre fui pro lado da atitude [nesse caso], SIM ou NÃO? SIM! Sem titubiar-me, sem procurar muita lógica, sem tentar emoldurar nada, sei que às vezes reajo como um adolescente, fantasiando uma história linda, com momentos incríveis, cheia de sensações adoráveis, mas isso não estraga a surpresa da minha reação ao ser questionado!

Oi, posso te ajudar?
Claro, estou procurando uma camisa xadrez.
Tem preferência pela cor?
Não, só tenho preferência em ser xadrez!
Olha essa camiseta que linda, não quer provar?
Não, eu vim atrás de uma camisa xadrez, não quero uma camiseta!

[Às vezes] Saber limitar sua escolha facilita as coisas, por exemplo: procuro uma pessoa que me ame do jeito que sou, que aceite meus defeitos e elogie minhas virtudes, clichê, óbvio, mas quais são seus defeitos? ...

Eu sou rabugento, não curto locais pequenos com muitas pessoas, sou sarcástico e não finjo gostar de seus amigos por sua causa.

... a pessoa aceitara todos eles? Claro que não, além de seus defeitos, ela terá os dela ~DÃ~, mas procurar compreender que um relacionamento é feito através de trocas é o mesmo que saber atenuar duas coisas: a intensidade da ocasião e a fundamentação das SUAS razões e torno de NOSSAS emoções, então quer dizer que: eu aceito seu vestido curto, mas você tem que aceitar minha fugidinha com amigos, certo? Não!
Trocas é tentar convencer a pessoa por suas razões, emoções e atitudes, e não limitar ela a duas opções, a dois caminhos, a duas sensações...
A única escolha que ela deve fazer em que duas opções são fundamentais é:
Você realmente me aceitara? [  ] SIM [  ] NÃO.

             Teorizar tudo isso é tão simples! Mas talvez estrague a surpresa, as reações e as emoções do momento!

Eu sei, eu sei, cade a lógica do texto? Sua lógica é um mito pra mim.

Abraço||Fiquem com Deus||Marcelo Soares

7 comentários:

  1. pra quê se questionar? qdo chegar a hora, simplesmente >>chegará!
    não terá ou o sim ou o não... tudo isso só o levará para a HORA certa!!
    enquanto isso... seja paciente!! escolha, mas saiba q antes q vc escolhesse, já estava tdo planejado para a sua resposta... sendo sim ou não, certo ou errado, vc sempre chegará ao mesmo ponto!

    ;)

    ResponderExcluir
  2. É bem isso mesmo, conseguiu explicar tudo. Adorei o texto, e era o que eu precisava ouvir.. Beijos

    ResponderExcluir
  3. E é por isso que eu busco um caminho só meu. Solitário eu vou até o fim.

    ResponderExcluir
  4. Aceito pow! Mas só se você vier com uma camisa xadrez! LAKSLAKSLAKS

    postagem nova aqui no papel da bala :D
    abração

    obs: como sempre adorei seu texto. e teve lógica.

    ResponderExcluir
  5. Aceito pow! Mas só se você vier com uma camisa xadrez!

    LASKLASKLAKS..

    postagem nova aqui no papel da bala!
    e como sempre adorei seu texto, teve logica sim.

    abração :D

    ResponderExcluir
  6. Um dia encontramos alguém com as qualidades que buscávamos e os defeitos que prevíamos; mas mesmo assim, quando aprendemos a amar e a deixarmos ser amados, é totalmente diferente do que imaginamos, é muito melhor.
    Sorte da garota que conquistar teu coração e se deixar conquistar por você!

    Beijo Marcelo!
    PS: Fiquei um tempo sem comentar, mas estou sempre lendo viu, amo seu blog e seus textos!

    Finalizo com um trecho de uma música do Legião Urbana:

    "Quando se aprende a amar, o mundo passa a ser seu!"

    ResponderExcluir
  7. A teoria realmente é muito boa!
    Meu antigo relacionamento acabou justamente por isso, ela só citava meus (muitos) defeitos, falava o que eu não fazia, o que eu não dizia... E mesmo falar tudo isso sendo importante, é necessário reconhecer as qualidades, estimar e elogiar quando preciso!

    Mas o importante é continuarmos esperando (ou procurando...) por nosso par ideal, ou perfeito pra nós.

    Ótimo texto e boas considerações!


    P.S.: Temos defeitos bem parecidos, embora eu ache o sarcasmo uma excelente qualidade, já que exige muita inteligência.

    P.S.2: A bastante tempo visitei seu blog ao acaso, mas na época não tinha blog, agora que resolvi voltar a escrever, encontrar o seu blog me deixou feliz.



    Abraço e desculpa pelo comentário tipo bíblia!

    ResponderExcluir