sábado, 30 de outubro de 2010

Eu só queria dizer:



Descobri em mim a capacidade de amar, ainda mais, uma pessoa mesmo não podendo ve-la, toca-la, apenas sentindo que a essência da nossa amizade ficou pra sempre!
Antes vencíamos a distancia física, agora venço barreiras maiores com uma certeza Te Amo Minha Amiga!


Não creio que ja fazem quase cinco meses!
Cinco meses, no calendário de nossa amizade, é uma eternidade!






Até breve amiga!

Fiquem com Deus||Abraço||Marcelo Soares

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Moral da História?

Era uma pequena cidade de criadores de cavalos, tradicional por seus cavalos ‘sangue-puro’, destaque em feiras, competições, comerciais, novelas, filmes e seriados. Os cavalos mais belos saiam de la. Há quem diga que são mais bonitos que os árabes, mais rápidos que os americanos e mais saldáveis que os europeus. Tudo girava em torno dos cavalos, desde a verba da prefeitura até os temas da feira de ciências no ~pequeno~ colégio municipal.
By: ch3h

Tudo estava lindo e perfeito na cidade, os animais saldáveis, as pessoas felizes, e os lucros, vindos dos cavalos, entrando como amantes entram em armários.

Numa manhã, a perfeição foi quebrada por um grito, um grito de desespero do Senhor Mario, tradicional criador, veterinário e um dos fundadores da cidade, três dos seus melhores cavalos, dois reprodutores e um capão, haviam amanhecido sem ‘rabo’. Para Seu Mario, cavalo sem ‘rabo’ era cavalo sem personalidade. Por mais que os ‘rabos’ voltassem a crescer, seus cavalos passariam a principal feira da cidade ‘pitocos’.

Intrigado com a situação, chamou o delegado Onório, ele e seu fiel escudeiro Larico, um cavalo branco, saíram de casa em casa, de celeiro em celeiro, procurando por resquícios dos ‘rabos’, ou, de algo que o levasse ao malfeitor.

Três dias depois, crianças jogavam bola nas margens do rio que corta a cidade, encontraram então três tesouras e um saco de cor crua, dentro desse saco os ‘rabos’, três bonitos ‘rabos’ longos e brilhantes. Saltitantes as crianças levaram até o delegado, e, em minutos o saco de cor crua já estava nas mãos de Seu Mario.

Uma semana depois, os cavalos ainda ‘pitocos’ e o misterioso malfeitor ainda não descoberto, começou a feira municipal de cavalos, o premio final, para o cavalo mais bonito, era uma cela dourada, sonho de Seu Mario.

Sem ter o que fazer, os cavalos de Seu Mario foram inscritos mesmo ‘pitocos’, no terceiro, e ultimo, dia da feira, saiu o tão sonhado resultado para todos os criadores de cavalos, um dos reprodutores de Seu Mario havia levado a cela dourada, motivo? Seu visual diferente, ‘pitoco’, conquistou os jurados.

Moral da história? Deduzam e compartilhem comigo nos comentários!


Fiquem com Deus||Abraço||Marcelo Soares

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Diminuindo meu 'eu-culpa'

By: Psychiatrique

A única certeza que tenho nesse momento é que preciso atualizar meu blog, abri a pasta onde guardo meus textos que ainda não postei e, por incrível que pareça, odiei todos, sim, odiei com sinceridade, TODOS!

Uns falavam de amor, outros do passado, uns tinham um titulo interessante, mas o conteúdo era extremamente desmotivador, nada tão sincero, nada que me faça ter tesão em postar aqui!

Quando criei meu blog, o primeiro conselho que ouvi de uma amiga foi: ‘’-Mas quando você ficar dias sem postar, ficara com peso na consciência!’’, ouvi essa frase, de formas diferentes, de todas as pessoas que conheço que amam escrever, e que, amam seus blogs. Sim, posso amar escrever, e, por esse amor, penso muito no que quero postar aqui, e partilhar!

Eu até poderia admitir que esteja passando por uma crise criativa, poderia fazer a Awy Winehouse, e pedir Rehab, mas não estou! Se eu tivesse no meio de uma crise criativa, tuiaria pouco, e, com toda certeza já teria criado uma conta, novamente, no orkut, mas nem um fato, nem o outro aconteceu!

Então, já que tenho que culpar alguma coisa, ou alguém, por eu não postar aqui com frequência, culparei o horário de verão, culparei a Dilma e o Serra, que em vez de discutirem propostas insistem em procurar, no passado, falhas um do outro, culparei o infortúnio que há em lavar louça, só pra constar, se mandarem-me lavar louça ficarei extremamente ofendido, culparei o autor de Passione por ter feito a Clara virar Ana Francisca, pelo segredo do Gerson não ser revelado nunca e por ter dois assassinatos misteriosos, eu culparei o Serio Mallandro por ser insuportável, culparei o mundo por conspirar contra mim, e, por ultimo, culpo a água do arroz que demora SÉCULOS, 20 minutos, pra ferver!

Admito que ando vendo muita televisão, e que isso pode, e com certeza esta, afetando meu eu-escritor e aguçando meu eu-critico!

Então, por descarrego de consciência, atualizei meu blog, dormirei mais tranquilo, tomarei banho sem preocupar-me, prestarei mais atenção nas aulas e comerei normalmente!

Marcelo Soares

Leiam 40 coisas sobre:
Kalliana Barby AQUI
Lara AQUI
Mel AQUI

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

#PazNasTorcidas

Até onde a paixão por alguma coisa pode levar as atitudes de uma pessoa?

Até onde o fanatismo por algo pode prejudicar alguém?

‘’No dia 25 de Outubro de 2009, entre noticias que precedem as partidas de futebol, fomos surpreendidos por mais um fato que estarreceu a sociedade paranaense: o atropelamento do estudante de direito da Faculdade de Curitiba - João Henrique Mendes Xavier Viana, 21 anos, na saída de um estádio na Cidade de Curitiba. .... Foi uma tragédia decorrente de briga entre torcidas. (Andréa Destefani)’’

Desde criança, venho aprendendo com meus pais, e com a vida, o valor que há em respeitar as diferenças, sejam elas religiosas, culturais, esportivas, e etc. Sei do que gosto, sei no que acredito, e nisso me baseio pra ser viver.

Torço para o São Paulo, meu pai é santista e meu irmão corintiano, tenho tios, primos e amigos vascaínos, palmeirenses, flamenguistas e atleticanos, sempre que nos reunimos o assunto futebol surge, lógico, as provocações são sempre marcantes, porem, a diferença entre nossas opiniões não nos faz perder o respeito uns com os outros, nunca cheguei ao ponto de agredir, ou ser agredido, verbalmente ou fisicamente por qualquer um deles, ou então por um estranho!

A questão violência em estádios e a paz entre as torcidas, vai muito além da conscientização de cada individuo, vai muito além da legislação e da punição agregada. Futebol é muito mais que apenas dois times enfrentando-se, 22 homens ou mulheres afincos em um único objetivo, o gol. Futebol e paz nas torcidas são duas questões que devem ser tratadas de igual para igual, sem paz não há futebol, não há espetáculo, não há esperança, não há vitória, não há títulos!

Na festa do futebol a violência funciona como o amigo chato que bebe, passa mal, e você tem que levar ele pra casa e explicar aos pais dele toda a situação!

Vamos aos estádios curtir a festa, a vitória deve ser comemorada, e a derrota mostra quem são os verdadeiros torcedores, aqueles que apóiam o time em qualquer situação!

Caros amigos blogueiros, entrem nessa campanha, escrevam textos sobre o assunto, criem selos, vamos nos unir, juntos conseguiremos mudar a opinião de varias pessoas, e, pelo menos, um dia nos orgulharemos de termos feito nossa parte!

Caros usuários do twitter, postem suas frases sobre o assunto usando a tag #PazNasTorcidas, façam sua parte, o objetivo não é levar ela aos TT’s, o objeto é colaborar e impedir que outras atrocidades, como a que aconteceu com João Henrrique, se repitam!

E minhas condolências a família do João Henrrique, a dor da perda é inexplicável, toda força pra vocês, e que, nesse um ano sem ele, muitas pessoas possam conscientizar-se! Minhas orações por vocês!

Esse texto foi baseado no post Paz Nas Torcidas, escrito por Andréa Destefani do blog CoisasDaVida!


Fiquem com Deus||Abraço||Marcelo Soares

terça-feira, 5 de outubro de 2010

40 coisas sobre mim:

  1. Sou extremamente sincero
  2. Nem um pouco pegajoso
  3. Gosto de musicas que eu consiga acompanhar a letra, não importa o estilo, preconceito musical é para as ‘’mentes superiores’’.
  4. Estou no terceiro ano de medicina veterinária
  5. Ainda não faço a mínima ideia em qual área me especializarei
  6. Faço o falso simpático, ou seja, cumprimento as pessoas por consideração a outras.
  7. Normalmente não retribuo maldade com maldade, mas não faço o tipo ‘bonzinho’.
  8. Sou extremamente falante, alegre e brincalhão com meus amigos, e, com quem não conheço e na faculdade sou o tímido e antipático, não tenho culpa.
  9. Já sonhei em ser jogador de futebol, desenhista, mangaka, arquiteto, dentista, cantor.
  10. Já me inscrevi para o Aprendiz Universitário na época em que o Roberto Justos era o apresentador, porem, decidi abandonar a ideia
  11. Sou evangélico desde que nasci, orgulho-me muito disso, e tenho certeza a cada dia que passa que minha vida é um milagre.
  12. Sendo evangélico tenho vergonha do que as pessoas pensam sobre evangélicos, ser evangélico não é ter preconceito com ninguém, não é sair julgando as pessoas por seus atos, há algo muito mais especial do que as pessoas julgam.
  13. Eu não bebo e não fumo, detesto o sabor da bebida e tenho amor aos meus pulmões.
  14. Não curto baladas, na verdade só em pensar em muitas pessoas em um local fechado já começo a passar mal, caustrofóbico eu? Magina.
  15. Tenho 21 anos e adoro paixões platônicas, vivo uma a cada época que passa.
  16. Guardo meus segredos num cofre com dispositivos a raio laser, sou muito fechado, e sou esperto em não deixarem descobrir.
  17. Faço o tipo que se a pessoa não pediu pra guardar segredo posso contar para os outros, então já sabe.
  18. Ao mesmo tempo se me pedem segredo, um segredo teremos.
  19. Adoro coca-cola, doritos, chocolate, leite condensado.
  20. Não curto muito comer carne, não que eu não goste, é que não é meu prato favorito, mas não pensem que sou vegetariano ou algo do tipo.
  21. Tenho duas gatas (Gi e Nael) e trato elas como se fossem minhas filhas.
  22. A aproximadamente oito anos atrás tomei a decisão que meus animais só terão nome de pessoas.
  23. Sou tuiteiro compulsivo, sei que pra maioria de vocês isso não é novidade, no twitter eu tenho liberdade, e adoro a opinião das pessoas.
  24. Decidi criar o blog em conseqüência do twitter, algo como quando eu quisesse falar mais que apenas 140 caracteres, acho que deu certo.
  25. Meu sonho aqui no blog, nesse momento é chegar a 300 seguidores e ter um post com mais de 20 comentários.
  26. Eu acredito em amizade virtual.
  27. Já tive vontade de participar do BBB.
  28. Adoro realitys shows, de todos os tipos, BBB, A Fazenda, Ídolos, Hipertensão, e afins.
  29. Gosto de desenhar, de 2008 até metade de 2009 eu levava isso a serio, desenhava diariamente e postava meus desenhos em um fake.
  30. Tenho vergonha de mostrar o que desenho para as pessoas, se você já viu algum desenho meu, considere-se uma pessoa importante na minha vida.
  31. Tenho, sem sombras de duvidas, mais amigas que amigos, esperto eu? Magina
  32. Considero ter apenas um amigo homem, o Dayvid.
  33. Tenho um sonho de viajar para os EUA e viver uma vida americana de pelo menos um ano.
  34. Não considero-me bonito, tenho vergonha em ser muito magro, sei que as pessoas reparam isso em mim.
  35. Adoro minha família, meus pais são tudo em minha vida, meus irmão são meus orgulhos, meus sobrinhos minhas fofuras, e meus cunhados, bom, meus cunhados vocês já sabem né! =P Sou o caçula.
  36. Sou São Paulino.
  37. Moro em União da Vitória, onde estudo, de segunda a sexta-feira, e, nos finais de semana vou para casa de meus pais.
  38. Adoro usar camiseta branca, calça larga, tênis confortável e blusa, uso blusa até sem precisar.
  39. Não consigo fingir sentimentos, se é pra chorar eu choro, gritar eu grito, bla eu bla bla bla.
  40. Eu nunca imaginaria que escrever 40 coisas sobre mim seria tão fácil, comecei e, se desse, continuaria contando mais.



Eu desafio para escreverem 40 coisas a seu respeito a @KallianaBarby do blog Tempestades, a @Gaabis_Am do MundoPlatonico,  a @Laara_Oliveira do MemóriasEscritas e a @Mel_Mn do ManiasENoticias


Ps.: Esse foi um post diferente, desculpem se tiver algum erro grotesco de português, não revisei o texto, ficaria feliz se comentassem falando o que vocês têm em comum comigo!


Abraço||Fiquem com Deus||Marcelo Soares