quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Moral da História?

Era uma pequena cidade de criadores de cavalos, tradicional por seus cavalos ‘sangue-puro’, destaque em feiras, competições, comerciais, novelas, filmes e seriados. Os cavalos mais belos saiam de la. Há quem diga que são mais bonitos que os árabes, mais rápidos que os americanos e mais saldáveis que os europeus. Tudo girava em torno dos cavalos, desde a verba da prefeitura até os temas da feira de ciências no ~pequeno~ colégio municipal.
By: ch3h

Tudo estava lindo e perfeito na cidade, os animais saldáveis, as pessoas felizes, e os lucros, vindos dos cavalos, entrando como amantes entram em armários.

Numa manhã, a perfeição foi quebrada por um grito, um grito de desespero do Senhor Mario, tradicional criador, veterinário e um dos fundadores da cidade, três dos seus melhores cavalos, dois reprodutores e um capão, haviam amanhecido sem ‘rabo’. Para Seu Mario, cavalo sem ‘rabo’ era cavalo sem personalidade. Por mais que os ‘rabos’ voltassem a crescer, seus cavalos passariam a principal feira da cidade ‘pitocos’.

Intrigado com a situação, chamou o delegado Onório, ele e seu fiel escudeiro Larico, um cavalo branco, saíram de casa em casa, de celeiro em celeiro, procurando por resquícios dos ‘rabos’, ou, de algo que o levasse ao malfeitor.

Três dias depois, crianças jogavam bola nas margens do rio que corta a cidade, encontraram então três tesouras e um saco de cor crua, dentro desse saco os ‘rabos’, três bonitos ‘rabos’ longos e brilhantes. Saltitantes as crianças levaram até o delegado, e, em minutos o saco de cor crua já estava nas mãos de Seu Mario.

Uma semana depois, os cavalos ainda ‘pitocos’ e o misterioso malfeitor ainda não descoberto, começou a feira municipal de cavalos, o premio final, para o cavalo mais bonito, era uma cela dourada, sonho de Seu Mario.

Sem ter o que fazer, os cavalos de Seu Mario foram inscritos mesmo ‘pitocos’, no terceiro, e ultimo, dia da feira, saiu o tão sonhado resultado para todos os criadores de cavalos, um dos reprodutores de Seu Mario havia levado a cela dourada, motivo? Seu visual diferente, ‘pitoco’, conquistou os jurados.

Moral da história? Deduzam e compartilhem comigo nos comentários!


Fiquem com Deus||Abraço||Marcelo Soares

4 comentários:

  1. Marcelo e sua criatividade!
    Você consegue fazer todo mundo que lê a primeira linha dos seus textos ficar interessado com o restante. São poucas as pessoas que conseguem isso.
    E a moral da historia?! Talvez nada seja por acaso mesmo... E tinha que acontecer exatamente o que aconteceu.
    Sorte do Seu Mario!!!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Moral: Ser diferente é ser original, ser original é se destacar.
    Por isso o cavalo ganhou a cela de ouro.
    Não há pq viver preso em padrões, eles foram feitos para pessoas sem personalidade.
    Curti muito essa sua "fábula".

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Moral da história 1: Rabo pequeno também leva prêmio. -N lakslalaks

    Moral da história 2: Pênis pequeno também dá resultado. -N LKASLAS

    Moral da história 3: Ser diferente é normal -ns -podeser

    Moral da história 4: Não critique todos os seus defeitos. Nunca se sabe o defeito que te faz prevelecer -ns -podeser

    Moral da história 4: Hoje, o padrão não é mais belo. A beleza vem dos detalhes. -ns -podeser

    E por aí vai...

    ResponderExcluir
  4. MORAL DA HISTÓRIA: Nem sempre o mistério é revelado. Dentro de mim grita a pergunta: QUEM CORTOU OS RABOS DOS CAVALOS E POR QUÊ?

    ResponderExcluir