quarta-feira, 20 de julho de 2011

Amigo


Aquela família que a gente escolhe. A pessoa que nos completa de alguma forma, que coloca sentido em algo que nunca colocamos fé. Alguém que acredita em nossos sonhos, sonha com a gente, afinal, se é amigo, ta incluído no sonho. Amigo não se ganha, não existe sorteio de amigos, amigo a gente conquista e se deixa conquistar. Amigo esta nos pequenos detalhes da vida e nos grandes acontecimentos dela. Começa ciclo, termina ciclo e o amigo esta la. Amizade não termina, nada tão sincero tem um final. A gente não gosta de finais quando uma coisa é sincera. É amigo, tão diferente e tão iguais. Amigo é a recompensa que a vida nos oferece, é uma espécie de reforço para nossos dias e nossas lutas fazerem mais sentido. Amigo é força. Amigo é compartilhar o peso dos momentos difíceis e as recompensas das vitórias nossa de cada dia. Amigos são dias, meses, anos. Amigo é aquele que você vai olhar daqui 30 anos e ainda vai chama-lo de 'Meu Amigo'.

Esse é o segundo dia do amigo que passo se a Hagar, dia do amigo sem ela perdeu parte do sentido, mas tenho certeza que, em breve, nos encontraremos. A gente sabe que a amizade é verdadeira quando a pessoa se vai e você sente que uma parte sua se foi junto. Saudades amiga.

Feliz dia do amigo a todos.

Marcelo Soares.

sábado, 9 de julho de 2011

Queria que retornasse, simples assim


Trilha sonora clique AQUI
Joguei suas cartas fora, aproveitei e joguei também todos os rascunhos de cartas que te mandaria e todos os desenhos que fiz da gente. Apaguei todas as nossas fotos e as fotos sua que tinha salvo no computador, naquelas pastas especiais com seu nome, aquelas que deixava na área de trabalho, com um ícone especial, pra sempre lembrar que amava alguém. Aquela lista de musicas que me levava a você também foi deletada, fui frio. Doei os presentes que ganhei de você, existia gente que precisava deles e, de alguma forma, estaria me vingando, te tirando da minha vida, aos poucos. Sabe, foi difícil. Escrevi textos me despedindo, relatando minha decepção em você ter sumido. Depois disso até me arrisquei em novas paixões, platônicas, claro. Juro que na ultima e penúltima, sim, tentei me apaixonar varias vezes, até estava conseguindo. Mas não consegui sentir por alguém o que sentia por você. Por você era algo maior, pelas paixões era apenas carne, corpo, beleza. Aí, uma bela noite, quando estava me recuperando de você, a vida me prega uma peça. Sonhei com a gente, naquele mesmo lugar, fazendo aquelas mesmas coisas, rindo, gritando, cantando. De duas uma, ou a vida é cruel e quer me ver sofrer, ou você realmente é a pessoa da minha vida e algo maior que nós esta tentando provar isso. Ainda não sei. Agora la vou eu, baixar nossas musicas, tentar pegar algumas fotos suas em álbuns de amigos. As cartas, desenhos e presentes ja se foram, mas os sentimentos voltaram. Acho que é amor quando você tenta se livrar da pessoa e, no final das contas, tudo relacionado a ela acaba voltando, maior, ENORME. Acho que a minha liberdade para ser feliz esta em você, é você. Sou indeciso em escolhas, porque não seria com sentimentos?

Gente, voltei a postar no blog Entrelinhas, visitem-me la, comentem em meus posts, os assuntos la são diferente dos que escrevo aqui, façam-me feliz. Para acessar o Entrelinhas clique AQUI.
Marcelo Soares