sexta-feira, 7 de junho de 2013

3 anos


É, e parece que foi ontem. Lembro do meu pai me buscando na faculdade, tendo todo o cuidado ao me contar da sua partida, porque ele sabia o quanto você representa para mim. Lembro da minha não reação com a noticia, porque eu realmente entenderia o que tinha acontecido quando encontrasse sua mãe.

Lembro dos relatos que ouvi, e li, sobre sua luta. De como enfrentou a doença, de como foi forte. De quanto surpreendeu a todos. De quantas lições de vida você deixou. De quantas pessoas mudaram por sua causa, por causa da sua mudança. Do quanto pensava positivo. De quantas orações fiz por você. Do tanto de pessoas que coloquei para orar por você. Do tamanho da minha fé. Dos nossos sonhos, anseios e planos.

Mas amiga, Deus tem os planos Dele pra nossa vida, e ha tempo para tudo. Igual ta escrito la em Eclesiastes 3, sabe. Não quero questionar sobre isso. Essas coisas a gente procura aceitar, com o tempo, com as pessoas, com os sentimentos. 

Só queria lembrar o quanto sinto saudades. O quanto você é especial. O quanto desejo, um dia, te encontrar, num lugar melhor. Como eu disse no ultimo texto que escrevi para você: ''Você não morreu, apenas veio morar, em definitivo, dentro do meu coração''.

Até breve. Sinto sua falta!

2 comentários:

  1. Em palavras não consigo expressar o meu sentimento por ti.
    Não serei hipócrita e dizer, que ti entendo. Pois só quem realmente perdeu um ente querido sabe o quanto dói.

    Seja forte, assim como seu pai foi até o final!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que texto bonito apesar de ser carregado de uma saudade quase sem fim. É muito triste perder alguém de quem muito gostamos, mas é como você disse, aos poucos a gente vai tendo que aceitar, por que Deus tem sempre um plano para nós mesmo que a gente não consiga entender.

    Abraços, Marcelo.
    www.eraoutravezamor.blogspot.com

    ResponderExcluir