quarta-feira, 12 de junho de 2013

Considerações sobre o dia dos namorados:


Acordei e fui ao Facebook/Instagram e me deparei com 30mil fotos e textos quilométricos de declarações de amor pelo dia dos namorados, e a unica coisa que pensei foi: menos, obg. Mas a gente sabe que esse tipo de coisa acontece em qualquer data especial no facebook, porém, com maior intensidade no dia dos namorados.

Então, lembrei duma guria que eu seguia no Instagram ano passado, o namorado dela trabalhava no exterior e viria fazer uma visita a ela no dia dos namorados. Ela fez toda uma cena postando fotos deles e fazendo CONTAGEM REGRESSIVA pra chegada dele. Aquelas coisas que a gente vê, lê e esgota a cota de vergonha alheia de uma vida inteira. Resultado de todo esse melodrama que ela criou: eles terminaram dois dias depois da chegada dele. Ela, inclusive, excluiu o Instagram: risos, apenas.

10 comentários:

  1. Mateus 24.35

    Melhor é esperar em DEUS. No tempo dEle teremos a nossa "benção". Hoje em dia até frigideira tem tampa né?!


    Gosto muito de como escreve, esse tom de humor me dá vontade de voltar aqui e ler sempre o seu blog, parabéns!!
    até mais :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

      Esperar o tempo certo pras coisas é o que ha: até mesmo quando o assunto é o que postar pra[o] namorada[o].

      Obrigado pela visita =D

      Excluir
  2. só uma coisa: UHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHUAHUAHUAHUHAUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHAUHAUHUAHUAHAUHAUHAUHAUAHUAHUAHUHUAHAUHAUHAUHAUAHUAH risos eterno. (vergonha alheia)
    mas serio, esse tipo de coisa me cansa! não tô dizendo que a pessoa não deve 'se declarar' e tal, mas gente, a declaração tem que ser pra quem você ama e não uma exposição em redes sociais, por favor né?!
    acho super digno casais que não ficam com essa melação no facebook/twitter/instagram e afins...
    e outra, e essa coisa de conhece hoje e já tá amando???? POR FAVOR NÉ COLEGA, TOMA VERGONHA NA CARA! u.u
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK #parei

    beajs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só uma coisa: Tamo junto, mano!

      HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

      beaj, amg

      Excluir
  3. O amor deve ser compartilhado com quem se ama, o mundo não precisa ficar sabendo da sua felicidade, mas é claro que tem gente que acha que os outros precisam saber o quanto ela é feliz (ou pensa que é).

    Há certas coisas que devem ser sussurradas, reveladas em abraços e beijos, em olhares silenciosos. Declarações em redes sociais em sua grande maioria são máscaras pra esconder o que a realidade mostra. Triste isso.

    Beijos, Marcelo.
    www.eraoutravezamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada melhor que a discrição, não é mesmo.

      Excluir
  4. Eu chamo de insegurança, é preciso mostrar para que até eu mesmo acredite que sou feliz ao lado do fulano ou da fulana, so sad. Vergonha alheia super tb!

    ResponderExcluir
  5. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ai gente.
    É aquela velha história de viver de aparências, de viver pra mostrar pra os outros que se está vivendo. Uma declaração aqui outra ali é sempre bom receber, mas a galera exagera na dose.

    ResponderExcluir
  6. Que triste. O ideal é ser discreto, evitar toda essa exposição desnecessária. Acho mais verdadeiro o reservado. Coisa boa é guardar apenas pra gente, pra não ficar nos olhos de quem não deve.

    Enfim, que situação vergonhosa o da menina. Tsc. Tsc.

    Abraço meu caro.

    ResponderExcluir
  7. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA adorei. Mesmo sendo feio eu estar rindo da desgraça alheia. Mas vejo tanto dessa coisa que, como você mesmo disse, esgota a cota de vergonha alheia por uma vida inteira... Sempre, sempre, sempre e sempre tive em mente que "menos é mais", desde quando o assunto é maquiagem até quando o "objeto" em questão é a tal da exposição. E sabe o que eu andei reparando, assim, sem mais nem menos, apenas como uma pesquisa de observação? Em 99% desses casos de exposição extrema quanto a relacionamentos, o casal quase nunca se ama de verdade tampouco fica junto por mais de 6 meses. E todo mundo percebe isso. Mas, né, ok.
    Beijos!

    ResponderExcluir